Você conhece as casas miniaturas Delft Blue da KLM?

As casas miniaturas Delft Blue da KLM decoram muitos parapeitos, mesas de escritório e janelas de cozinha. Elas são verdadeiros itens de colecionador para passageiros há mais de 60 anos. Esta semana, celebramos o 99º aniversário da KLM, tradicionalmente com a apresentação de uma nova casinha da KLM.

Mas primeiramente, vejamos alguns fatos que você talvez ainda não saiba

  • A primeira casa miniatura Delft Blue foi, muito provavelmente, entregue aos passageiros em 1952.
  • Até 1994, a produção era irregular. Um ano, produzia-se uma miniatura, e depois por vários anos não havia nenhuma.
  • Isso acabou em 1994, quando 15 casas miniaturas da KLM foram lançadas em comemoração ao 75º aniversário da KLM. Isso elevou o número total para exatamente 75. Desde então, a produção das casinhas tem coincidido com o aniversário da KLM.

KLM houses

Foto: Ben Kortman

Cheias de gin Bols

  • As casas miniaturas contêm gin Bols desde a década de 1980. Antes disso, as miniaturas continham bebidas das renomadas destilarias holandesas Rynbende e Henkes.
  • As casinhas da KLM são oferecidas aos passageiros que viajam na World Business Class.

Algumas dessas casas são cinzeiros

  • Por um tempo, a KLM distribuiu as casas miniaturas na forma de cinzeiros, por causa da legislação sobre bebidas alcoólicas em vários destinos no Oriente Médio. Um detalhe interessante é que, ao colocar um cigarro na parte de trás do cinzeiro, saía fumaça da chaminé da casa. Os números a seguir têm uma edição de cinzeiro: 1, 3, 4, 5, 8, 14, 15, 17, 20, 21, 22, 23, 25, 26, 27.
  • Até 1995, as casinhas Delft Blue eram produzidas pela Royal Goedewaagen em Gouda.
  • Quase 75% de todas as Delft Blue são produzidas fora de Delft. É a técnica que permite chamarmos as miniaturas de Delft Blue, não o lugar.

KLM Houses ashtrayMais de 800 mil casas miniaturas da KLM são distribuídas a cada ano

  • Anualmente, são estocadas a bordo cerca de 725 mil casinhas contendo gin e 79 mil vazias.
  • Além da série regular de casas, também foram lançadas miniaturas sem numeração. O Palácio na Praça Dam, em Amsterdã, por exemplo, assim como o museu do queijo Goudse Waag em Gouda, o Palácio Het Loo em Apeldoorn, o Teatro Real Carré em Amsterdã e o prédio do parlamento Het Binnenhof em Haia. Todos estes edifícios têm versões da KLM em edição limitada.
  • Com exceção das casas do período inicial, são sempre réplicas de edifícios dos Países Baixos com valor histórico e/ou arquitetônico especial.
  • Ao contrário do que precede, temos a casa número 85, que é baseada em uma casa do território holandês, ou seja, o edifício “Penha”, a casa mais famosa de Curaçao.
  • Para poder reproduzir a casa como uma miniatura de porcelana, é importante que as fachadas e os ornamentos não sejam muito sofisticados nem projetados demais.
  • O tamanho máximo de uma miniatura é de 5,5 cm por 10 cm.

KLM House Palace on Dam Square

Foto: Ben Kortman

Lua de mel

  • Por algum tempo, o Palácio na Praça Dam e o Goudse Waag foram entregues a recém-casados que viajavam em lua de mel com a KLM.
  • Desde 2004, uma ampliação do Palácio na Praça Dam tem sido produzida a cada ano, que é concedida ao vencedor do KLM Open.
  • A casa miniatura nº 99 da KLM será apresentada na sexta-feira, 5 de outubro. Fique de olho em nossas mídias sociais e seja um dos primeiros a descobrir que casa é essa.

KLM House 96

Foto: Thirsa Nijwening

Achou isso interessante? Então, leia também o blog sobre o passeio a pé das casas miniaturasporAmsterdã e faça o download do aplicativo KLM para mais informações sobre as casinhas.

Loading